quinta-feira, 27 de novembro de 2008

XVIII Congresso

Neste fim de semana vai decorrer no Campo Pequeno, em Lisboa, o XVIII Congresso do PCP.
Não sei que cobertura mediática lhe vai ser dada. Mas suspeito que qualquer outra coisa terá honras de abertura dos noticiários, em detrimento deste Congresso. Sim, porque é bem mais importante distrair os portugueses das ideias "desses comunistas" que insistem em transformar o mundo, e para essa função qualquer notícia é válida, desde as alegações finais do caso Casa Pia até à sobremesa que o Paulo Bento comeu ao almoço.
De uma coisa tenho a certeza, neste XVIII Congresso vão ser debatidas propostas para ultrapassar esta suposta crise mundial, que não passa de uma falência do próprio sistema capitalista. As contradições do capitalismo levaram à actual situação económica e social, quer em Portugal como no resto do mundo. E a forma como se pode ultrapassar esta crise é apenas através da ruptura com as políticas de direita que levaram a que neste momento se atravesse esta situação.
Este Congresso vem mesmo a calhar! Ainda há quem diga que os partidos políticos "são todos iguais"... Pois é. Mas há uns que são mais iguais que outros.
E há um que não é igual senão a si próprio, e não cederá a pressões para mudar as suas linhas ideológicas fundamentais. Por isso... por Abril, pelo Socialismo, um Partido mais forte.

14 comentários:

Maria disse...

Às vezes ainda quero acreditar na honestidade intelectual de alguns jornalistas. Só não sei se há (ainda) jornalistas que (ainda) não se vendem.
Vamos ver.
E lá nos encontraremos, Camarada!
POR ABRIL, PELO SOCIALISMO, UM PARTIDO MAIS FORTE!

Beijinhos

duarte disse...

não estarei presente,mas vou ser representado(e bem)por meus camaradas.hoje começei o dia com "sementeira" de fuxan os ventos,de seguida vitor jara e por fim um excerto de um texto de afonso dias"FUTURO".
quanto aos telejornais,temos melhor:
temos o povo na rua!junta-te a ele,e verás que por muito que qeiram camuflar a verdade,não conseguem camuflar os números.
ABAIXO O CAPITALISMO,POR ABRIL,PELO SOCIALISMO,UM PARTIDO MAIS FORTE!!!
duartenovale

Fernando Samuel disse...

E o PCP é diferente dos que são todos iguais.
Por isso, Por Abril, pelo Socialismo, um Partido mais forte.



Um beijo.

GR disse...

Sal,

Poderá haver 1, só um jornalista honesto, mas o capitalismo não o deixará escrever o que ele irá ver e sentir.
Vai ser jornada de trabalho democrática, todos trabalhando com muita alegria e seriedade com um fim comum em todas as sua vertentes, por um Portugal com futuro e um mundo melhor.
Por Abril, pelo Socialismo, um Partido mais forte!
Até sábado.

Bjs,

GR

Sérgio Ribeiro disse...

Boa!
Até amanhã, camarada(s).

antuã disse...

Já só faltam algumas horas. a Mercedes também vai.

João Filipe Rodrigues disse...

Estamos presentes, e somos muitos muitos mil!

E já agora, a Mercedes está tão linda.

Abraço!

samuel disse...

Agora não há o que dizer...
Apenas um apertado abraço, amiga, que saberás multiplicar e partilhar com as pessoas certas.

Maria disse...

Passei para deixar abraços. Tantos...
E beijos. Muitos...
Para todos. Vós!

Sal disse...

Obrigada do fundo do coração.
Isto parece um pesadelo difícil de ultrapassar. Mas vamos continuar a lutar. Sempre.

poesianopopular disse...

Partilho da vossa dor camaradas, um forte abraço para todos.

CRN disse...

Força, continuamos a lutar!

A revolução é hoje!

Fernando Samuel disse...

Para todos, um abraço fraterno e solidário.

linhadovouga disse...

Obrigado a todos os camaradas e amigos pelo seu apoio neste momento difícil. O Partido foi grande quer no Congresso, do qual saiu reforçado e confiante, quer nestes momentos terríveis e inesperados.
A ti, Sal, um agradecimento e beijinho especial pela tua coragem e firmeza.