segunda-feira, 18 de maio de 2009

A Cantora Careca

No último post divulguei o concerto do Patxi Andión, na Guarda, logo, toda a gente ficou a pensar que eu iria vê-lo...
Só que desta vez preferi o teatro. No mesmo dia (sábado passado) estreou no Teatro Ribeiro da Conceição, em Lamego, uma produção d' "A Cantora Careca", de Ionesco, pela mão da companhia de teatro "Urze", sediada em Vila Real.
Apesar do concerto do Patxi Andión ser uma tentação, e como ainda não consigo estar em dois lugares ao mesmo tempo (às vezes dava mesmo jeito ), por razões profissionais acabei mesmo por ir a Lamego, dada a minha participação na música composta pelo Paulo Vaz de Carvalho, excelente guitarrista e compositor.
Como se esperava, foi uma peça... absurda. Muito bem interpretada. E feita de absurdos que, idealizados nos anos 50 do século XX, são ainda tão actuais, nos anos 00... do século seguinte.
Em vários momentos lembrei-me de figurinhas absurdas da nosso panorama político.
Absurdas. Que dizem coisas absurdas. Ocorre-vos algum nome, assim de repente? É vital que nos lembremos de quão absurdas e ridículas são algumas figurinhas...

8 comentários:

linhadovouga disse...

lol
O teu post é que não é nada absurdo!

Bem metido.

(E bem cantado...)

Nunes disse...

Ora vamos lá ver se me lembro de algumas figuras... Vital Moreira (o fantasminha brincalhão)? O nosso primeiro-ministro? Vitalino Canas? Marcos Perestrelo, Nuno Melo (naquele seu novo cartaz que parece um anúncio a um mau detergente)? Carlos Abreu Amorim, Emídio Rangel, Rui Tavares??? Que mais figurinhas temos? José Manuel Fernandes do Público? Os autómatos que lêem o tele-prompto na Sic Notícias? José Eduardo Moniz? São tantas as figurinhas que até perdemos a conta.

Fernando Samuel disse...

É vital...
Sim, é vital que nos lembremos dessas figurinhas medíocres e ridículas - mas perigosas...

Um beijo.

Maria disse...

Eu diria mesmo que é vital não esquecermos as figurinhas ridículas e medíocres que por aí pululam...
Bom seria se fossem pulular para outro lado, lá looooooonnnnge...

Beijinhos

Antuã disse...

É vital denunciar a mediocridade que por aí abunda.

Rui Miguel Félix disse...

Boa noite cara amiga!

Em nome da companhia, e em meu nome, agradeço a sua participação no projecto "A cantora careca". Excelente!
A música e o canto reuniram-se mais uma vez num momento especial, instante a que chamamos teatro, esse mágico local onde brilham policandros! :)

Um abraço fraterno.
Bem haja para si e todos os seus.

Mr Martin :)

Sal disse...

Que surpresa, Mr Martin...
Não esperava vê-lo por cá...
A blogosfera é fantástica!
Parabéns a toda a companhia.
Foi um grande espectáculo.
O Fábio Timor está de parabéns, e os actores também.

Já os policandros... podiam ter estado melhor... :)

Beijinhos

samuel disse...

É igualmente uma bela escolha!
Quanto às figurinhas... é fatal... :-)))

Abreijo.