sexta-feira, 1 de agosto de 2008

A Luta

A luta


Existe em ti
Meu amor,
A força viva
Das águas em rápido...
A subtileza
Da espuma dos oceanos...
A liberdade!
Existe em ti
Meu amor,
O colorido
Das aves organizadas
E o trilhar
Das escarpas em flor...
A plenitude!
Existe em ti
Meu amor,
A vontade ainda nunca
Das lágrimas sempre ocultas,
O sorriso ainda frágil
Dos sonhos mal desbravados...
A nostalgia!
Mas é preciso continuar.




Poema de José Barreto, seleccionado por Vieira da Silva, no blogue "A Sudoeste".
Gostei do que vi por lá. Muitas caras conhecidas, de Ílhavo. E sim! Não estou a ser irónica.
Há para aí umas "más línguas" que acham que eu não simpatizo com essa terra. Mas olhem que não, olhem que não... Até lá passo de vez em quando.. Não costumo parar, é certo, mas que passo, passo...

4 comentários:

Maria disse...

É um belo poema de luta, e de amor, porque com amor lutamos...

(alguém disse que não gostas de ílhavo? :)))) )

Beijinhos

Antuã disse...

Eu sei quem disse, mas não digo.

Anónimo disse...

A DUAS FLORES


SÃO DUAS FLORES UNIDAS,
SÃO DUAS ROSAS NASCIDAS
TALVEZ NO MESMO ARREBOL,
VIVENDO NO MESMO GALHO,
DA MESMA GOTA DE ORVALHO,
DO MESMO RAIO DE SOL.


UNIDAS, BEM COMO AS PENAS
DAS DUAS ASAS PEQUENAS
DE UM PASSARINHO DO CÉU...
COMO UM CASAL DE ROLINHAS,
COMO A TRIBO DE ANDORINHAS
DA TARDE NO FROUXO VÉU.


UNIDAS, BEM COMO OS PRANTOS,
QUE EM PARELHA DESCEM TANTOS
DAS PROFUNDEZAS DO OLHAR...
COMO O SUSPIRO E O DESGOSTO,
COMO AS COVINHAS DO ROSTO,
COMO AS ESTRELAS DO MAR.


UNIDAS... AI QUEM PUDERA
NUMA ETERNA PRIMAVERA
VIVER, QUAL VIVE ESTA FLOR.
JUNTAR AS ROSAS DA VIDA
NA RAMA VERDE E FLORIDA,
NA VERDE RAMA DO AMOR!

Castro Alves

BOM FIM DE SEMANA
V.A.A.

Anónimo disse...

Procuro contacto com o poeta José Barreto. Sou do Brasil. Alguém teria alguma informação. Grato.
[oldnic1 at gmail.com]