quinta-feira, 6 de março de 2008

Música para uma quinta-feira

"Cantique de Jean Racine", de Gabriel Fauré




Fauré escreveu este maravilhoso "Cantique de Jean Racine", sobre um poema do referido poeta. É delicioso. É um apelo à esperança.
Nos tempos que correm sinto muita necessidade de acreditar que algo pode mudar.
Quem vive sem esperança, neste mundo?

5 comentários:

poesianopopular disse...

Sal
A esperança mora com os comunistas há 87anos, foi no dia 6 de Março de 1921, nasceu o Partido Comunista Português e, com ele a esperança.
Parabens camarada!
Bjo
José Manangão

Mide disse...

A religiosidade do poema de Racine transfigura-se, com a música de Fauré, em esperança, não num além metafísico, mas num mundo melhor, mais justo e solidário, aqui mesmo, nesta vida. Belíssima música para um belíssimo aniversário. Parabéns pela escolha, Sal.

Mide disse...

E, claro, parabéns PCP!

Fernando Samuel disse...

E já pensaste na quantidade de razões que temos para ter esperança?

samuel disse...

A esperança não é a última a morrer, mas sim a que sobrevive... e nasce de novo... e volta a viver...