terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Li uma frase... que era um mundo

"O camarada é aquele que é revolucionário - e que não desiste de o ser mesmo que todos os dias lhe digam que o tempo que vivemos é coveiro das revoluções."

A frase é de José Casanova, in Avante! 20.6.2002.
(Re)encontreia-a no Cravo de Abril.
E estavam lá mais frases bonitas... Mas eu gostei mais desta! Sabe-se lá porquê...

9 comentários:

Poderoso disse...

Pq sera ke gostas-te mais dessa? facil de ver. Kando poderes passa no meu blog obrigado

Maria disse...

Esta frase do Zé Casanova tem TUDO DENTRO!!!!
Um beijo

samuel disse...

A frase foi muito bem escolhida, Sal.
Também li o texto e gosto de pensar que algumas (poucas) daquelas características me "habitam".
Ah... e li uns versos no blog do José Manangão... "lindos"! :)
Parabéns!

Abreijos.

Au loin disse...

existem sempre umas frases q nos tocam + do q outras!!
Existem sempre momentos q lembramos + q outros!!!:-))
jinho

Au loin disse...

Ainda nao te dei os parabens pela boa qualidade do teu blog.
Parabens Sal!
(so é pena eu estar tao ceptica em relaçao a tudo.)

poesianopopular disse...

Zé Casanova também é "aquela noite de natal" "o caminho das aves" "o tempo das giestas"
Zé Casanova é um camarada imenso!
abraço
José Manangão

Sal disse...

É verdade. Eu estive na apresentação do "Aquela noite de natal" numa livraria, e já o li, entretanto.
Adorei! Ele realmente escreve muito bem.

GR disse...

Esta frase é (para mim) a que caracteriza melhor o camarada Zé Casanova.
Porque melhor que ninguém, ele sente estes valores.

GR

Anónimo disse...

Aprendi muito